Home Noticias Caminhões tem novo itinerário em Cianorte

Caminhões tem novo itinerário em Cianorte

Motoristas de veículos pesados que passam pelo município devem se atentar à alteração da rota

por Lud Hayashi

A partir desta semana, os veículos que transportam cargas de mais de oito toneladas ou têm comprimento acima de 7,2 m e passam por Cianorte não poderão mais utilizar as avenidas Paraíba e Minas Gerais como itinerário. Nesta segunda-feira (19), a Diretoria de Trânsito (Diretran) instalou as placas de sinalização do novo sentido obrigatório para caminhões, carretas e similares que transitam entre as rodovias PR-323 e PR-082. Os grandes automotores poderão acessar o centro da cidade apenas para carga e descarga.

Assim, aqueles que vêm de São Tomé sentido Cianorte pela PR-082 devem adentrar na Estrada Amorés, passar pela frente do condomínio Bem Viver e do bairro Belas Artes, seguir por trás do conjunto Cassidori, pegar a Avenida Europa, depois a Avenida Santos Dumont, chegando ao Trevo do Aeroporto para, então, acessar a PR-323. Já os que vêm de Maringá ou Umuarama deverão fazer o sentido contrário.

Segundo o diretor de Trânsito, Carlos Eduardo de Oliveira, “a medida é resultado de estudos técnicos especializados, com o objetivo de reduzir os impactos do tráfego pesado em áreas urbanizadas, já que muitas dessas ruas e avenidas não foram projetadas para a circulação de veículos de carga. A antiga rota percorria um trecho de 4,5 km em extensão densamente urbanizada. Na nova, as mesmas condições de urbanização são observadas em apenas 800 m, que receberão infraestruturas para a redução de velocidade como, por exemplo, a instalação de lombadas”, explicou.

Para o prefeito, Marco Franzato, a medida é um avanço para o município. “Os grandes centros proíbem o trânsito de caminhões pesados ou impõem restrições de horário de circulação. Cianorte já demandava por soluções como esta há algum tempo. Estou certo que motoristas, pedestres, ciclistas e lojistas notarão o desafogamento das vias e terão mais agilidade e segurança ao transitar pela região central”, defendeu o prefeito, lembrando que há poucos dias foram concluídas as obras de pavimentação asfáltica dos 6.446 metros de extensão da Estrada Amorés, que integra a rota alternativa.

O caminhoneiro que desrespeitar a nova sinalização poderá ser enquadrado no artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que prevê multa no valor de R$ 130,16. Por se caracterizar uma infração média, também serão gerados quatro pontos na carteira do condutor.

Imagens

02_(546).jpg
03_(196).jpg

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Adblock detectado

Por favor, apoie-nos desativando sua extensão AdBlocker de seus navegadores para o nosso site.