Home Cultura Consulta pública busca sugestões para execução da Lei Paulo Gustavo

Consulta pública busca sugestões para execução da Lei Paulo Gustavo

Cianorte deverá receber cerca de R$ 741 mil para apoio a produções audiovisuais, salas de cinema, cineclubes, festivais, mostras, capacitação, qualificação e demais áreas da cultura

por Lud Hayashi

Nesta terça-feira (18), a Prefeitura de Cianorte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, abriu uma consulta pública para recolher sugestões e demandas da sociedade civil, especialmente da comunidade artística. A proposta é reunir dados que possam nortear a elaboração do Plano de Ação para viabilizar a execução da Lei Complementar nº 195 de 8 de julho de 2022, conhecida como Lei Paulo Gustavo.

A consulta pública acontece em todo país, por orientação do Ministério da Cultura, e, em Cianorte estará disponível para a população até as 17h do dia 25 de abril. Qualquer morador da cidade, com idade mínima de 18 anos, pode participar do processo, acessando o formulário na página da Secretaria Municipal de Cultural (www.cianorte.pr.gov.br/cultura) ou diretamente pelo link https://forms.gle/6v44ha5cnea3Yadn9.

A Lei Paulo Gustavo, batizada em homenagem ao ator e comediante fluminense que morreu vítima da Covid-19, trata sobre ações emergenciais destinadas ao setor cultural a serem adotadas em decorrência dos efeitos econômicos e sociais da pandemia. Com a sua regulamentação, que deve ser concluída nas próximas semanas, está previsto o repasse de R$ 3,862 bilhões a estados, municípios e ao Distrito Federal. O recurso é oriundo do Fundo Nacional de Cultura e destinado ao fomento de projetos culturais.

Para Cianorte, o valor estimado é de R$ 741.040,68, distribuído da seguinte forma: R$ 392.565,81 para apoio a produções audiovisuais; R$ 89.766,58 para apoio a salas de cinema; R$ 45.073,86 para capacitação, formação e qualificação, apoio a cineclubes e a festivais e mostras; e R$ 213.634,43 para apoio às demais áreas da cultura que não o audiovisual.

“Todos somos convidados a contribuir com a regulamentação desta importante lei, enviando propostas de como os mecanismos de financiamento deverão ser estruturados, as divisões de categorias e valores, além de demais itens que considerarem relevantes para a construção dos editais. Encerrada a consulta pública, a Secretaria Municipal de Cultura promoverá encontros setoriais com a classe artística”, ressaltou o secretário da pasta, Evandro de Castro.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Adblock detectado

Por favor, apoie-nos desativando sua extensão AdBlocker de seus navegadores para o nosso site.