Home Beleza Estudo identifica cor que absorve mais calor em dias quentes

Estudo identifica cor que absorve mais calor em dias quentes

por Lud Hayashi

Uma pesquisa realizada no Japão descobriu que as roupas verde-escuras, e não pretas, absorvem mais calor nos dias quentes.

No experimento, o grupo de pesquisadores expôs ao sol camisas polo, com nove cores diferentes, e usou uma câmera termográfica para medir o quão quentes elas ficaram após cerca de cinco minutos.

Os resultados mostraram que as superfícies das camisas brancas e amarelas oscilavam em torno de 30 graus Celsius, mas muitas partes das camisas pretas e verde-escuras ultrapassavam os 45 graus Celsius.

A ligação entre o calor e as cores das roupas foi investigada por uma equipe liderada por Toshiaki Ichinose, pesquisador executivo sênior do Instituto Nacional de Estudos Ambientais, em Tsukuba, província de Ibaraki, no Japão.

Segundo o estudo, realizado em 2019, a Terra recebe a energia radiante do Sol, e a energia radiante que não é refletida é absorvida, transformando-se em calor. Isso significa que cores com baixa refletividade, como o preto, esquentam facilmente e as altamente refletivas permanecem mais frias.

RESULTADO INESPERADO

O experimento, porém, produziu um resultado bastante inesperado. A luz infravermelha, invisível a olho nu, constitui uma porção significativa da energia radiante que atinge a superfície da Terra.

Examinando essa luz, os pesquisadores descobriram que não foi a camisa preta, mas sim a verde-escura que absorveu a maior parte do infravermelho, com 87% do total. A camisa preta absorveu 86% do infravermelho que a atingiu, enquanto a branca foi a menos absorvente, com 63%.

Por essa razão, nestes dias de calor extremo, o pesquisador recomenda o uso de branco, amarelo, cinza e vermelho, e alerta para evitarmos roupas em tons preto, verde-escuro, verde, azul e roxo.

“É provável que os resultados variem um pouco dependendo do corante usado para colorir uma peça de roupa, mas após expandir nosso estudo para a luz infravermelha próxima invisível, descobrimos que o verde é bastante próximo do preto. Você poderia dizer que essas duas cores são do mesmo grupo”, disse Toshiaki Ichinose, pesquisador executivo sênior do Instituto Nacional de Estudos Ambientais do Japão.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Adblock detectado

Por favor, apoie-nos desativando sua extensão AdBlocker de seus navegadores para o nosso site.