Home Cultura Filha de servente de pedreiro consegue bolsa em Harvard

Filha de servente de pedreiro consegue bolsa em Harvard

por Lud Hayashi

Filha de servente de pedreiro e de uma costureira, a jovem farmacêutica Thauany Micaelly Araújo Galvão conseguiu uma bolsa de 25% para estudar na Universidade de Harvard, uma das mais prestigiadas do mundo. Para conseguir custear seus estudos, ela criou uma vaquinha online para arrecadar os R$ 30 mil que faltam.
A postagem repercutiu nas redes sociais, até o momento, ela já recebeu mais de 23 mil curtidas e até o diretor da instituição americana Thauany pela publicação. “Está sendo uma experiência incrível”, diz a jovem. “Eu nunca imaginei, nem nos meus sonhos, e teria essa repercussão todoa, é inacreditável.”

Thauany precisa juntar R$ 30 mil

Thauany precisa juntar R$ 30 mil

ARQUIVO PESSOAL

Nascida em Estrela do Norte, cidade do interior de Goiás, Thauany sempre estudou em escola pública e com uma bolsa conseguiu concluir a graduação em Farmácia. No último dia 27 de abril, a jovem farmacêutica levou um susto: descobriu que havia sido selecionada para especialização em pesquisa clínica.
A inscrição foi feita de maneira despretenciosa e a aprovação foi “um susto”. A alegria se misturou com o valor necessário para fazer o curso — ela precisa juntar pelo menos R$ 30 mil até agosto deste ano para conseguir estudar em Harvard.
“Quando falei o valor, meus pais se assustaram, o valor era muito alto”, conta. “Pedi o valor mínimo, sabendo que poderia não ser o suficiente, mas acredito que arracadando um pouco mais, poderei participar da formatura pessoalmente.”

Thauany conseguiu o valor referente a taxa de matrícula, que foi pago pela FacUnicamps (Faculdade Unida de Campinas), instituição onde a jovem concluiu a graduação. Agora reúne o restante do valor para dar sequência ao seu sonho.

Aprovação na Universidade de Harvard nos Estados Unidos

Aprovação na Universidade de Harvard nos Estados Unidos

REPRODUÇÃO

Artigos relacionados

Deixe um comentário