Home Noticias Homem que sofreu acidente em academia do Ceará tem 1% de chance de voltar a andar

Homem que sofreu acidente em academia do Ceará tem 1% de chance de voltar a andar

Família de Regilânio Inácio, de 42 anos, lançou uma vaquinha para arrecadar fundos para o tratamento do motorista de aplicativo

por Lud Hayashi

O Hospital Santo Antônio, onde o homem que sofreu um acidente com o equipamento em uma academia de Juazeiro do Norte, no Ceará, está internado, afirmou que o paciente tem apenas 1% de chance de voltar a andar.

Regilânio Inácio, de 42 anos, passou por uma cirurgia de cerca de quatro horas neste domingo (6). De acordo com a unidade de saúde, o procedimento foi feito sem nenhuma intercorrência, e o quadro de saúde do paciente continua estável.

Um médico do hospital explicou que Regilânio colocou pinos e parafusos na coluna para a redução da fratura e o alinhamento ósseo. A cirurgia também visou à descompressão da medula. “Infelizmente essa lesão é bem grave”, explicou o neurocirurgião José Correia Saraiva Júnior.

A fratura, provocada após a queda de um aparelho com 150 kg de carga, fez com que o motorista de aplicativo perdesse os movimentos das pernas. A família de Regilânio lançou uma vaquinha virtual com o objetivo de arrecadar R$ 35 mil para financiar o tratamento e outras despesas pessoais do homem.

A academia 220 FIT, onde o motorista de aplicativo se lesionou, publicou uma nota nas redes sociais na qual afirma que o equipamento não apresentou nenhuma falha e creditou o evento com Regilânio a algo acidental.

“O aparelho em questão se encontrava em perfeito estado de funcionamento, visto que a máquina foi adquirida há menos de 60 dias. Salientamos que são efetuadas manutenções periódicas em todos os maquinários”, disse a academia em pronunciamento.

http://<iframe src=”https://player.r7.com/video/i/64d0e8c81df97bbc89000c3d” width=”640″ height=”360″ frameborder=”0″ loading=”lazy” allowfullscreen></iframe>

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Adblock detectado

Por favor, apoie-nos desativando sua extensão AdBlocker de seus navegadores para o nosso site.