Casa Celebridade Idoso passa mais de uma década criando jardim de rosas para alegrar sua esposa cega: ‘Ela adora o cheiro’

Idoso passa mais de uma década criando jardim de rosas para alegrar sua esposa cega: ‘Ela adora o cheiro’

por Lud Hayashi

Muitos maridos apaixonados provavelmente já compraram um buquê de flores para suas amadas em algum momento do relacionamento, em especial no Dia dos Namorados.

No entanto, um senhor do Japão levou esse conceito a um novo nível após passar mais de uma década criando um enorme jardim de rosas no vasto campo que cerca sua casa. Tudo para alegrar a esposa, Yasuko, depois que ela ficou cega.

Se a idosa não pode enxergar a beleza do jardim, ela pode apreciar o cheiro maravilhoso das flores e tocá-las enquanto passeia pelo campo.
O senhor Toshiyuki Kuroki e Yasuko Kuroki, moradores da província de Miyazaki, estavam casados ​​há 30 anos quando ela começou a ter problemas de visão.


Em apenas uma semana, ela ficou cega em decorrência de complicações relacionadas ao diabetes. Para o casal que trabalha como produtores de leite e que acorda cedo todas as manhãs para cuidar de seu rebanho de 60 vacas, a perda de visão de Yasuko foi devastadora.
Aos longo dos anos, eles levaram uma vida difícil, mas gratificante, também criando seus dois filhos, e planejaram comemorar sua aposentadoria viajando por todo o Japão.

Na época, O Sr. e a Sra. Kuroki ficaram de coração partido porque todos os seus planos agora pareciam impossíveis de serem realizados. A idosa, por exemplo, se isolou do mundo e o Sr. Kuroki foi forçado a assistir, impotente, enquanto sua esposa afundava em uma depressão profunda.


Isso começou a mudar quando, um dia, o Sr. Kuroki notou pessoas admirando seu pequeno jardim, que estava cheio de flores shibazakura rosa, bem brilhantes, também conhecidas como phlox musgo.
De início, ele pensou que se plantasse mais flores, mais pessoas viriam para vê-las e ajudariam a fazer companhia à sua esposa solitária.


E assim Toshiyuki deixou sua fazenda de gado leiteiro e começou a trabalhar na criação de um “tapete” com milhares de rosas circundando sua casa e criando uma paisagem linda e extraordinária.
O idosos passou dois anos criando a fundação para o jardim e plantando as flores.


Agora, mais de uma década depois que as primeiras sementes foram plantadas, o jardim na cidade de Shintomi está aberto ao público e atrai mais de 7 mil visitantes todos os anos.
Ao longo de março e abril, quando as flores estão em plena floração, a Sra. Kuroki tem inúmeras pessoas para conversar, trocar uma ideia e se sentir mais incluída.

De quebra, as rosas são suas flores preferidas (por conta do cheiro), e ela adora passear no jardim para usar e abusar do seu olfato. 😍

Por fim, os visitantes também podem visitar os antigos galpões de vacas do casal, onde há um mini-museu que explica como o jardim foi criado e qual seu grande propósito.

Fonte: BuzzFeed
Fotos: Shintomicho Office Government Organisation

Artigos relacionados

Deixe um comentário