Home Noticias Intensidade no uso do celular já dá saudades da velha e boa televisão

Intensidade no uso do celular já dá saudades da velha e boa televisão

por Lud Hayashi

O uso do celular, intensificado na pandemia, foi incorporado pela televisão, parece que agora de forma definitiva, por ser conveniente, principalmente no momento atual, mas também pela sua agilidade, facilidade e baixo custo.
E, tudo indica, será daí para muito mais. Percebe-se, inclusive, que as principais TVs já têm normas de procedimento estabelecidas para que exista um padrão único na sua utilização.

Diferentemente do começo, hoje o aparelho já é usado de forma bem conveniente, a certa distância, na altura dos olhos, possibilitando uma tomada mais adequada.
Ou, como Marília Gabriela sempre preferiu e me ensinou nos tempos de “SBT Repórter”, um pouquinho mais acima, norma nos filmes de Shirley MacLaine, fica ainda melhor. Nunca, jamais, em tempo algum, debaixo para cima.
Tudo muito bom, tudo muito bem. Mas nada como a vida, em todos os sentidos, voltar o mais rapidamente ao normal.
Também no jeito e na forma de fazer a verdadeira televisão. A boa luz, a boa captação, pessoal especializado

Artigos relacionados

Deixe um comentário