Home Noticias Nefroclínica está prestes a funcionar em novo espaço

Nefroclínica está prestes a funcionar em novo espaço

por Lud Hayashi

Diretoria da Santa Casa estima que dentro de 20 dias o atendimento aos pacientes já deva ser transferido para o endereço do antigo PA

Está quase tudo pronto para que a Clínica de Hemodiálise da Santa Casa de Cianorte, conhecida como Nefroclínica, atenda em um novo espaço. Isto é o que afirma a diretoria da Fundação Hospitalar Intermunicipal de Saúde (FHISA) – responsável por administrar o hospital. De acordo com informações, entre o final de janeiro e o início de fevereiro, o serviço de diálise passa a ser ofertado na estrutura do antigo PA, cedida em comodato pela Prefeitura. O local foi ampliado e reformado.

O serviço atualmente é prestado na Rua Ipiranga, 279, em uma casa adaptada para o atendimento. “A forma como estamos atuando está precária, por este ser um local que não foi construído com essa finalidade. Com o novo espaço em funcionamento, que seguiu todas as normas e padrões necessários para os procedimentos de diálise, temos a convicção que será possível oferecer um tratamento mais digno aos nossos pacientes”, comenta o administrador da Fundação, Kaio Feroldi Motta.

Para o prefeito Bongiorno, a mudança da instalação será benéfica em diversos aspectos, principalmente, do ponto de vista da acolhida, já que o espaço será mais amplo e apropriado. “Amenizar o sofrimento das pessoas sempre foi uma preocupação da nossa administração, ainda mais daquelas que passam por procedimentos desgastantes como esse. Sendo assim, estamos muito satisfeitos por poder contribuir com essa benfeitoria, cedendo o imóvel”, argumenta.

A instituição investiu cerca de R$500 mil para realizar as adequações no prédio, que passou a contar com uma área de quase mil metros quadrados. “Restam apenas os ajustes finais. Nossa intenção é que o novo local esteja pronto o mais rápido possível”, informa o diretor geral da Santa Casa, Gilmar Célio. A nova acomodação permitirá a Fundação economizar mensalmente quase R$ 8 mil de aluguel, “dinheiro que iremos investir em benefício dos pacientes”, finaliza o diretor.

Artigos relacionados

Deixe um comentário