Home Noticias Prevalência de HIV dobra em 20 anos no Brasil

Prevalência de HIV dobra em 20 anos no Brasil

Em 2002, 0,3% da população entre 15 e 49 anos estava infectada pelo vírus causador da Aids; no ano passado, era 0,6%

por Lud Hayashi

O relatório anual de 2022 do Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids), divulgado nesta quarta-feira (27), mostra que a estimativa da prevalência de pessoas que vivem com o vírus no Brasil dobrou nos últimos 20 anos.

Segundo os dados, em 2002, 0,3% da população entre 15 e 49 anos tinha a infecção pelo vírus, índice que passou para 0,6% no ano passado.

Em números absolutos, o relatório estima que 400 mil adultos e crianças vivam com HIV no Brasil em 2002. Vinte anos depois, são 960 mil.

O documento inclui o Brasil entre os 38 países do mundo com “estimativas robustas de aumento de novas infecções por HIV” e que impactam no progresso global de redução de casos, segundo a Unaids.

“A América Latina fez pouco progresso na redução de novas infecções por HIV na região desde 2000, com o número aumentando 5% de 2010 a 2021. Em 2021, 2,2 milhões de pessoas na região (1,5 milhão a 2,8 milhões) viviam com HIV em 2021”, alerta o relatório.

Artigos relacionados

Deixe um comentário