Casa Noticias Maringá apura variações do coronavírus em pacientes do município

Maringá apura variações do coronavírus em pacientes do município

por Lud Hayashi

Secretaria de Saúde de Maringá investiga a suspeita de mutações do novo coronavírus em pacientes do município. A Vigilância Sanitária foi avisada há cerca de uma semana dos possíveis variantes.

Em entrevista à imprensa maringaense nesta sexta-feira (5), o secretário de Saúde do município, Marcelo Puzzi, informou que há 26 pacientes sob investigação. Procurada, a assessoria de imprensa da pasta informou que não se pronunciará até a confirmação dos casos pelo Lacen (Laboratório Central).
Entenda os exames

O laboratório que identificou as variações notificou a Vigilância Sanitária de Maringá há uma semana sobre “alta possibilidade” de ter detectado a variante do vírus SarS-CoV-2 (que provoca a Covid-19), a partir de marcadores moleculares utilizados no diagnóstico da doença.

O exame aplicado pelo laboratório é o RT PCR, também chamado de “swab”, considerado padrão ouro no diagnóstico.
O diagnóstico do novo coronavírus é feito a partir da análise do SarS-CoV-2, aplicando no material coletado dos pacientes marcadores moleculares correspondentes a partes do código genético do vírus. A confirmação ocorre quando há amplificação destes marcadores.
Entretanto, alguns testes não estão apresentando esta amplificação no Gene S, o que caracterizaria a suposta mutação.
Ainda de acordo com o laboratório, os pacientes estão sendo contatados e feitas entrevistas sobre histórico de viagens com indivíduos de outras regiões. O Laboratório ND apurou ainda, que uma paciente esteve com familiares positivos para covid-19 vindos da Inglaterra, e a origem da mutação B1.1.7 do vírus SARS-Cov-2 foi no Reino Unido.

Luís Fernando Wiltemburg – Redação Bonde

Artigos relacionados

Deixe um comentário