Home Noticias Auxílio-alimentação municipal atende 800 famílias por mês

Auxílio-alimentação municipal atende 800 famílias por mês

por Lud Hayashi

Para promover o acesso da população a orientações sobre a importância da alimentação adequada, o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional promove o Projeto Cianorte Mais Saudável. Com publicação mensal, a iniciativa traz em agosto informações sobre o auxílio-alimentação municipal, um benefício eventual aos cidadãos e às famílias com impossibilidade de arcar por conta própria com o enfrentamento de contingências sociais, cuja ocorrência provoca riscos e fragiliza a manutenção do indivíduo, a função protetiva da família e a sobrevivência de seus membros.

“O auxílio-alimentação é realizado em forma de cesta básica, ou seja, em itens de consumo, e destinado às famílias atendidas pela Política Municipal de Assistência Social, em caráter temporário, utilizado apenas em momento emergencial, quando o indivíduo passa por uma situação difícil, na qual não consegue suprir as necessidades básicas vitais para seu desenvolvimento, como é o caso da alimentação”, explica a secretária de Assistência Social, Aline Rosa Kist.

Por mês, a inciativa atende cerca de 800 famílias, que recebem dois pacotes de arroz de 5 kg; dois pacotes de feijão de 1 kg; um pacote de açúcar cristal de 5 kg; dois óleos de soja; um pacote de farinha de mandioca de 1 kg; um pacote de fubá de 1 kg; duas latas de extrato de tomate de 340 gramas; dois pacotes de farinha de trigo de 1 kg; um pacote de macarrão espaguete de 500 gramas; um pacote de biscoito água e sal de 400 gramas; dois pacotes de café torrado e moído de 500 gramas; um pacote de biscoito doce de 400 gramas; um pacote de achocolatado de 400 gramas e duas latas de sardinha de 250 gramas.

Para solicitar o benefício eventual, o munícipe deve comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS ou CREAS) mais próximo de sua residência. Cada situação é avaliada pelas equipes dos serviços socioassistenciais, por meio de visitas domiciliares, entrevistas e relatórios técnicos. Uma vez dada a concessão, a periodicidade varia de acordo com o caso. Confira os locais:

– CRAS I – CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
Praça Olímpica Marcos Danilo Padilha, 236 – Zona 4
Fone (44) 3631-8072 – 99117-5509
– CRAS II – Centro de Referência de Assistência Social
Rua Capixingui, 75 – Cianortinho
Fone (44) 3629-7292 – 99169-2894
– CREAS – CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO EM ASSISTÊNCIA SOCIAL
Avenida Dr. José Roberto Furquim de Castro, 143 – Zona 1
Fone (44) 3631-6132 – 99172-9256
Unidade de Atendimento do CRAS no Distrito de São Lourenço
Rua Tico-Tico, 195 – Distrito de São Lourenço
Fone (44) 3627-1154 – 99105-2830
– Unidade de Atendimento do CRAS no Distrito de Vidigal
Rua Maria Helena Leão, 1149 -Residencial José Barbosa – Distrito de Vidigal
Fone (44) 99155-7338

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Adblock detectado

Por favor, apoie-nos desativando sua extensão AdBlocker de seus navegadores para o nosso site.