Home Noticias ‘Sou um sobrevivente desta doença que definha pulmões’

‘Sou um sobrevivente desta doença que definha pulmões’

por Lud Hayashi

Geraldo Luís escreveu nesta segunda-feira (22) uma reflexão sobre os 22 dias em que esteve internado, no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, por conta de complicações da covid-19. O apresentador da Record TVque recebeu alta médica no último sábado (20), chegou a ficar na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por 11 dias.
“Aqui está. Eu que amo tanto a vida. Coisas simples e ricas como ouvir silêncio, fotografar a vida e o sol, fiquei sem ver há três semanas. No quarto da UTI, graças a Deus, tinha uma janela. Já era o bastante. Lá o tempo é outro, perdemos ele, nada mais importa exceto voltar a viver. Dedico esse pôr do sol a vocês que oraram por mim. Quanto a Deus, tenho com Ele agora uma obra maior. Ele irá me dizer qual”, compartilhou o comunicador, no Instagram.

“Sou um sobrevivente desta doença que engole o corpo, definha pulmões, seca os pensamentos. Minha mente positiva foi que me manteve estável e lúcido. Não entrei em desespero, usei minha fé e amor a Jesus. Ele esteve comigo… Só quem passa sabe. Só quem teve sabe. Só quem teve covid-19 sabe. Muitos ainda continuam os mesmos egoísmos. Eu voltei. E um aviso: um outro Geraldo”, completou.

‘Reagiu com muita coragem’, diz médica

Recuperado da covid-19, Geraldo Luís recebeu alta do hospital no domingo (21) e já está em casa. Nas redes sociais, o apresentador fez questão de agradecer a cardiologista intensivista Ludhmila Hajjar, que cuidou dele durante os 22 dias em que ficou internado.
“A seriedade de uma médica pesquisadora que se dedica a salvar todas as vidas. Foi Deus acima de tudo e essa mulher, que voltei a vida. Só eu vi nesses dias quem é você e sua luta em servir”, elogiou Geraldo, que postou um vídeo da médica comemorando a alta hospitalar do comunicador e dando detalhes do tratatamento e dos medicamentos que “salvaram a vida dele”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário