Casa Noticias Veja os limites para as deduções no Imposto de Renda 2018

Veja os limites para as deduções no Imposto de Renda 2018

por Lud Hayashi

A Secretaria da Receita Federal divulgou nesta sexta-feira (23) as regras do Imposto de Renda 2018, ano-base 2017, e também informou os limites para as deduções que podem ser feitas pelos contribuintes.

O prazo para a entrega das declarações começa em 1º de março e termina em 30 de abril. A partir da segunda-feira (26), o programa gerador de declaração já pode ser baixado no site da Receita.

A expectativa é que 28,8 milhões de contribuintes enviem suas declarações neste ano, 340 mil a mais do que o registrado no ano passado.

O Fisco lembra que os contribuintes podem optar por dois modelos na entrega do documento: o simplificado ou o completo.

Declaração simplificada

A regra para fazer a declaração simplificada continua a mesma. Quem optar por ela, terá um desconto “padrão” de 20% na renda tributável. Este abatimento substitui todas as deduções legais da declaração completa, entre elas aquelas de gastos com educação e saúde.

No IR de 2018, esse desconto de 20% está limitado a R$ 16.754,34 – mesmo valor do ano passado.

Declaração completa

Quem teve gastos altos em 2017 com dependentes e saúde, por exemplo, pode optar por fazer a declaração completa do Imposto de Renda, pois esses gastos são dedutíveis. Veja os limites:

  • Dependentes: o valor máximo é de R$ 2.275,08 por dependente, o mesmo do ano passado.
  • Educação: nas despesas com educação (ensino infantil, fundamental, médio, técnico e superior, o que engloba graduação e pós-graduação), o limite de dedução permaneceu em R$ 3.561,50 por dependente.
  • Despesas Médicas: as deduções continuam sem limite, ou seja, o contribuinte pode declarar todo o valor gasto e deduzí-lo do Imposto de Renda. Entre as despesas incluídas aqui estão pagamentos a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais, além de exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias.
  • Contribuição patronal da Previdência Social: o limite de abatimento da contribuição incidente sobre a remuneração do empregado doméstico na declaração do Imposto de Renda 2018, ano-base 2017, é de R$ 1.171,84. No ano passado, esse limite era menor: de R$ 1.093,77.

Artigos relacionados

2 comentários

syumi 08/03/2018 - 06:07

Alguém alguma vez apresentou reclamação por os valores das deduções à colecta não baterem certo com os do e-fatura? Fi-lo há dois anos mas como eram valores de saúde e educação a resposta que recebi foi: “Corrija na altura da entrega do IRS. Assim tenho feito. Este ano tenho uma diferença nos valores de “alojamento, restauração e similares. Não dá para corrigir na entrega. Já enviei mensagem pelo e-balcao mas não sei como será tratado desta vez. Apenas me baseei nos registos do efatura e existem diferenças no IVA contabilizado. Outra coisa é nos valores das deduções à coleta nunca aparecerem aqueles que foram pagos em negócios cujo o NIF é um NIF de empresário em nome individua (NIF particular). Acontece-me frequentemente com despesas de farmácia. As finanças não olham para a sua própria ferramenta (e-fatura) para obter as deduções à colecta, ficam sempre à espera e baseiam-se apenas na comunicação anual feita pelas empresas. Depois existem estas diferenças.

Responder
Viagraonline 14/03/2018 - 15:15

Muitíssimo obrigado meu caro! Forte Absviagra online

Responder

Deixe um comentário